"Setor de eventos mudou e gestores precisam acompanhar", diz especialista

Compartilhe

"A música Do Leme ao Pontal precisa ser revista." Assim brincou o professor da Academia de Viagens Corporativas José Marques para dar início a seu workshop sobre as tendências no mercado de Mice nesta sexta-feira (23), no Hilton São Paulo. "A Barra da Tijuca era só um lugar que o carioca ia à praia, mas não via como parte do Rio de Janeiro. Hoje, tem muito mais lugares para ir, conhecer, e, principalmente, aproveitar na cidade."

No "Discover Rio", os agentes de empresas de eventos corporativos e clientes tiveram a chance de trocar cartões e saber mais do papel do meeting planner que, de acordo com o especialista, deve encontrar novas formas de trabalho para ter sucesso nos resultados a partir da atração e engajamento dos participantes.

Felippe Constancio
José Marques, professor da Academia de Viagens Corporativas
José Marques, professor da Academia de Viagens Corporativas


"Estamos diante de um grande dilema. Temos de assumir o papel tanto de gestor quanto de agência de eventos. Estávamos acostumados a visitar o cliente e pegar o briefing. Falávamos de entregar eventos com 'pax', A&B baratos e com foco na logística no que se refere a hospedagem e transporte. A gente precisa mudar um pouco e partir para uma logística mais avançada, que olha para a política da empresa, no fluxo dos processos, nos fornecedores, e, acima de tudo, olhar para o participante, que é o principal do evento."

Ainda sobre o papel do organizador de eventos, Marques ressaltou a importância de incrementar a atratividade de um destino. "Temos de achar coisas novas, trabalhar de uma nova forma um mesmo destino. O convite é ver o Rio de Janeiro com seus novos lugares e equipamentos (locais para eventos)", comenta o palestrante fazendo um paralelo entre a Olimpíada do Rio e a nova maneira de se desenhar eventos corporativos e associativos.

Conforme comentou a co-fundadora da Academia de Viagens Viviânne Martins durante a apresentação, o Visit Rio chega com a proposta de apresentar o que o Rio de Janeiro tem de novo para ser descoberto em relação a novos produtos, serviços e equipamentos. Grátis e disponível tanto em IOS quanto Android, o app mostra inúmeras opções de onde comer (quiosques, restaurantes, sorveteria, fast food, cafés), o que fazer de acordo com locais (como Barra, Arpoador, Jardim Botânico), onde comprar (shopping, etc), cultura, lugar para dançar e lugares para praticar esportes), além de um calendário de eventos.

O aplicativo mostra ainda, através do app incorporado Moovit, as direções com geolocalizador.

Após São paulo, o workshop será para os cariocas, no Grand Hyatt Rio de Janeiro, no dia 6 de outubro.